Sonhos

E vou continuar seguindo as batidas do meu coração…

Sempre me autoflagelei pela sensibilidade excessiva, pela subjetividade a qual me prendia, pela intensidade dos sentimentos e aos menores detalhes que sempre valiam mais que as grandes loucuras. Mas a melhor sensação que eu já tive foi a gratidão e o alívio por me permitir ser quem eu sou, por deixar que aquilo que nasceu comigo e é meu, floresça, porque se me foi dado é porque deve ser utilizado.

Tantas vezes me machuquei, sofri, magoei, julguei, não compreendi e tantas vezes eu sorri e chorei de gratidão por poder ser assim. Há quem diga que é frescura de mulher, bipolaridade, mimo, mas eu assumi uma posição mais passiva quanto as opiniões alheias. Todo mundo tem seu direito de opinar, mas isso não significa que tenho que absorver, eu escuto e caminho. O que faz sentido pra mim e para o que eu quero, eu considero, o que não, eu deixo fluir pra outra direção.

Sonhos

Todo mundo tem seu valor e eu encontro a fé no meu em momentos tão simples que quase passariam despercebidos esses sinais, não fosse eu e minha mania de sentir as coisas ao meu redor. Às vezes num simples caminhar até o ônibus e boa olhada no céu, eu sinto uma gratidão esmagadora por viver uma verdade que me traduz nos atos, nas palavras, nas reações, nas falhas. Gratidão por viver uma verdade autêntica, desafiadora, as vezes árdua, muitas vezes feliz. Não há maior alegria pra mim do que deitar a cabeça no travesseiro satisfeita com o que fiz, com as pessoas que falei, com as coisas que ouvi.

Sabe? A sensação de que amanhã eu posso ser melhor e que hoje eu fiz o possível é indescritível. Então eu digo pra quem quiser saber, é uma delícia lutar pra conservar uma fé inabalável em você mesmo, embora VOCÊ às vezes não entenda, sinta e acredite. Como diz Rael da Rima: “Ainda bem que eu sigo na direção das batidas do meu coração”.

Para fins de direitos autorais da imagem:

http://wwwmeninaonhadoracom.blogspot.com.br/2011/08/mesmo-sem-voce-eu-vou-ser-feliz.html

Apaixonada pelas pessoas e por coisas que as aproximam. Detalhista ao extremo, dramática também.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.